Formação de opinião

Com o trabalho remoto tão predominante, vamos repensar a resiliência operacional

A COVID-19 impulsionou a adoção do trabalho remoto. Soluções de videoconferência como o Zoom permitem que as empresas mantenham a resiliência operacional.
3 minutos de leitura

Atualizada em April 15, 2024

Publicado em September 25, 2023

office workers wearing face mask and social distancing

Resiliência operacional e a COVID-19

As pessoas envolvidas no planejamento da resiliência operacional sabem que é necessário antecipar e se adaptar a esses tipos de eventos. O cenário de pandemia sempre foi plausível, e os serviços em nuvem estão desempenhando um papel importante no apoio aos planos que previam a distribuição e a separação da força de trabalho.

A resposta à pandemia exigiu a ativação de planos de continuidade de trabalho remoto, incluindo ampliação da largura de banda da VPN, implementação de novos aplicativos de vídeo para desktop e operadores de call center remotos, para citar alguns. Muitas empresas conseguiram se adaptar e agora sua força de trabalho é totalmente remota.

Mas a resiliência operacional geralmente é fluida, e otimizar nossos planos de continuidade de negócios pelas lentes da COVID-19 requer novas ideias.

No nível básico, vale a pena considerar se a equipe principal que trabalha em home office tem o tipo de resiliência que você esperaria. Por exemplo, ela tem muitas opções de conectividade de rede, poder de resiliência e a capacidade de fazer a triagem e implementar alternativas?

Além das necessidades de resiliência mais básicas, é importante considerar como as reações à pandemia podem ter criado novos pontos de falha únicos.

Como mitigar os riscos de comunicação

A COVID-19 impulsionou a adoção do uso de vídeo em computadores desktop. Em resposta, algumas empresas simplesmente ampliaram seu software de produtividade existente para incorporar recursos de vídeo recém-desenvolvidos.

Essa abordagem criou um ponto de falha único para comunicações críticas. Se esse ponto falhar, as empresas podem ter um grande problema. Anteriormente, as equipes de resposta trabalhariam no mesmo local para mitigar a perda de mecanismos de “comando e controle”, como comunicações. No entanto, enquanto os colaboradores estiverem em casa, essa abordagem não estará mais disponível.

É por isso que as empresas precisam repensar as comunicações corporativas para permitir a continuidade dos colaboradores remotos, mesmo que sua pilha de software interligada falhe.

Se o seu hub de produtividade inclui recursos essenciais de colaboração, como e-mail e compartilhamento de arquivos, ter sua solução de videocomunicações ativada separadamente faz sentido do ponto de vista da continuidade dos negócios. O Zoom integra-se bem com as principais plataformas de colaboração, apesar de poder ser usado em um ecossistema separado. Mesmo que o Zoom não seja o produto de vídeo selecionado, ele pode atuar como uma opção de continuidade dos negócios para comando e controle de crises.

Ter o Zoom como opção facilita que sua equipe atue em um mundo multivídeo, em que clientes e parceiros podem ter diferentes soluções para interação de vídeo. E você pode ficar tranquilo sabendo que, como CIO, você pode gerenciar o uso do Zoom pelos seus colaboradores.

Saiba mais

Nosso novo mundo do trabalho precisa de novas maneiras de pensar, e os CIOs devem ter a capacidade de escolher as soluções que melhor atendem às suas necessidades de resiliência operacional. Simplesmente manter seus provedores atuais pode deixar você sem um Plano B quando mais precisar de um.

Para saber mais sobre todas as maneiras pelas quais o Zoom pode aumentar sua resiliência operacional, agende uma demonstração personalizada com um especialista em produtos Zoom hoje mesmo.

Nossos clientes nos amam

Okta
Nasdaq
Rakuten
Logitech
Western Union
Autodesk
Dropbox
Okta
Nasdaq
Rakuten
Logitech
Western Union
Autodesk
Dropbox

Zoom - Um lugar para conexões